ptenes

O II Festival Universitário Vem Dançar reuniu participantes de toda região no Ginásio da UninCor em mais uma edição cheia de surpresas que encantaram o público. Além de promover as manifestações artísticas e culturais através da dança e da música, o evento, organizado por professores e estudantes do 7º período do Curso de Educação Física, cumpriu sua responsabilidade social e arrecadou 300kg de alimentos.

vem dancar (14)Este ano, foram 43 apresentações dos mais variados ritmos, com participação de coreógrafos, academias, atelies e grupos de dança de Três Corações, Varginha, Monsenhor Paulo, Carmo da Cachoeira, São Gonçalo do Sapucaí e Campanha. A diversidade de gêneros musicais, estilos e culturas deixou evidente o poder que a dança tem de integrar todos independente de qualquer condição física, raça, orientação sexual, idade e classe social. "O Festival, mais uma vez, veio nos mostrar como é grande o pode da dança. Como ela consegue unir multidões para comunicar e expressar, através do movimento, coisas que só os puros de coração conseguem entender. Estão todos de parabéns! Foi um verdadeiro espetáculo!", comentou o idealizador do projeto, professor Júlio César Enézio.

O evento foi aberto a toda população que podia colaborar com 1kg de alimento não perecível. Esse ano, várias entidades foram escolhidas para a doação dos mantimentos arrecadados, entre elas a Casa Lar, Ancianato São Vicente e para o Projeto Vida, que cuida da recuperação de dependentes químicos. Para o Coordenador do Curso de Educação Física, professor João Marcelo de Souza Ribeiro, o II Festival Universitário Vem Dançar também foi um grade show de solidariedade. "O festival já se consolidou na região como uma grande vitrine para os profissionais que trabalham com a arte da dança. Todos estão de parabéns por esse projeto que é um espetáculo que é um sucesso não só pelas performances no palco como também pelo espírito solidário e a responsabilidade de ajudar o próximo. Faz bem para o corpo, para a mente e para a alma", comentou.