Voltar para a lista de cursos

nutricao

 Informações Gerais 

    

Regime escolar: Semestral
Turno de funcionamento: Noturno
Integralização Curricular
Modalidade: Bacharelado – Presencial
Tempo previsto: Mínimo 08 semestres e Máximo: 16 semestres
Carga horária total: 3323 horas

 Perfil do Egresso 

   

Conforme as Diretrizes Curriculares do Curso de Nutrição, e respeitando o código de ética aprovado pelo Conselho Federal de Nutrição (Resolução CFN n° 141, de 1993, de 1° de outubro de 1993), o Curso de Graduação em Nutrição da UninCor tem como perfil do formando egresso/profissional, um Nutricionista com formação generalista, humanista e crítica. Capacitado a atuar na atenção à saúde, com liderança, capacidade de tomar de decisões e buscando a educação continuada, visando à segurança alimentar e à atenção dietética, em todas as áreas do conhecimento em que alimentação e nutrição se apresentem fundamentais para a promoção, manutenção e recuperação da saúde. Visa também à prevenção de doenças de indivíduos ou grupos populacionais. O futuro profissional em Nutrição deve, portanto, contribuir para a melhoria da qualidade de vida, pautado em princípios éticos, com reflexão sobre a realidade econômica, política, social e cultural da região em que está inserido. 

 Objetivos 

Formar o egresso em Nutrição capaz de relacionar de forma ética e responsável, todo o processo saúde-doença do cidadão, da família e da comunidade, integrado à realidade epidemiológica e profissional, proporcionando a integralidade das ações do cuidar em nutrição. 

 Habilidades e Competências 

A UninCor tem como objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas:

  1. Aplicar conhecimentos sobre a composição, propriedades e transformações dos alimentos e seu aproveitamento pelo organismo humano, na atenção dietética.
  2. Contribuir para promover, manter e ou recuperar o estado nutricional de indivíduos e grupos populacionais.
  3. Desenvolver e aplicar métodos e técnicas de ensino em sua área de atuação.
  4. Atuar em políticas e programas de educação, segurança e vigilância nutricional, alimentar e sanitária visando a promoção da saúde em âmbito local, regional e nacional.
  5. Atuar na formulação e execução de programas de educação nutricional; de vigilância nutricional, alimentar e sanitária.
  6. Atuar em equipes multiprofissionais de saúde e de terapia nutricional.
  7. Avaliar, diagnosticar e acompanhar o estado nutricional; planejar, prescrever, analisar, supervisionar e avaliar dietas e suplementos dietéticos para indivíduos sadios e enfermos.
  8. Planejar, gerenciar e avaliar unidades de alimentação e nutrição, visando a manutenção e ou melhoria das condições de saúde de coletividades sadias e enfermas.
  9. Realizar diagnósticos e intervenções na área de alimentação e nutrição considerando a influência sócio-cultural e econômica que determina a disponibilidade, consumo e utilização biológica dos alimentos pelo indivíduo e pela população.
  10. Atuar em equipes multiprofissionais destinadas a planejar, coordenar, supervisionar, implementar, executar e avaliar atividades na área de alimentação e nutrição e de saúde.
  11. Reconhecer a saúde como direito e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema.
  12. Desenvolver atividades de auditoria, assessoria, consultoria na área de alimentação e nutrição.
  13. Atuar em marketing em alimentação e nutrição.
  14. Exercer controle de qualidade dos alimentos em sua área de competência.
  15. Desenvolver e avaliar novas fórmulas ou produtos alimentares visando sua utilização na alimentação humana.
  16. Integrar grupos de pesquisa na área de alimentação e nutrição.
  17. Investigar e aplicar conhecimentos com visão holística do ser humano integrando equipes multiprofissionais.

 Grade Curricular e Corpo Docente 

Grade Curricular

1º Período

Disciplinas
Anatomia Humana
Biologia Celular e Molecular
Bioquímica e Biofísica
Desenvolvimento do Pensamento Filosófico
Projeto Integrador I (Empreendedorismo, Liderança, Criatividade e Inovação)

2º Período

Disciplinas
Fisiologia Humana
Histologia, Embriologia e Genética
Bioestatística e Bioinformática
Comunicação e Processo Científico
Projeto Integrador II (Responsabilidade Social, Educação, Étnico-racial)

3º Período

Disciplinas
Introdução à Nutrição
Processos Infecciosos e Parasitários
Patologia Geral
Bromatologia
Epidemiologia
Sustentabilidade e Desenvolvimento

4º Período

Disciplinas
Farmacologia Geral
Técnica Dietética
Avaliação Nutricional I
Desenvolvimento Social e Humano
Projeto Integrador III – Nutrição e Metabolismo

5º Período

Disciplinas
Processos Psicológicos em Nutrição
Avaliação Nutricional II
Microbiologia e Higiene de Alimentos
Projeto Integrador IV – Educação Nutricional
Nutrição e Dietética nos Ciclos da Vida I

6º Período

Disciplinas
Nutrição e Dietética nos Ciclos da Vida II
Tecnologia de Alimentos
Gestão em Unidades de Alimentação e Nutrição I
Nutrição em Saúde Pública
Patologia da Nutrição e Dietoterapia I
Administração Mercadológica
Estágio em Nutrição Social

                  

7º Período

Disciplinas
Patologia da Nutrição e Dietoterapia II
Tópicos Especiais
Gestão em Unidades de Alimentação e Nutrição II
Trabalho de Conclusão de Curso I
Estágio em Unidades de Alimentação e Nutrição

8º Período

Disciplinas
Nutrição aplicada ao esporte
Optativa
Trabalho de Conclusão de Curso II
Estágio em Nutrição Clínica


 Corpo Docente

Docente
Andressa Gonçalves Cavalcanti Campos
Ana Carolina Brasil e Bernardes
Alexandre Tourino Mendonça
Carina Lumie Pereira Nagata
João Paulo Pereira Rosa
Luciano Marcos Dias Cavalcanti
Luís Alberto da Silva
Luiz Antonio Andriatta Ayres
Marcio de Souza Ferreira
Miriam de Andrade Pereira
Nina Arbex de Souza
Simone Catarina Silva Archanjo
Susinaiara Vilela Avelar

  

 Formas de Avaliação 

A Avaliação do Rendimento Acadêmico se dá a partir de dois aspectos: o aproveitamento escolar e assiduidade.

Quanto ao aspecto da assiduidade, permanece a exigência legal, já conhecida por todos: é considerado aprovado o aluno com frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária prevista para cada componente curricular.

Quanto ao aspecto da avaliação do aproveitamento, em termos de aprendizagem, ficam instituídas as seguintes modalidades de avaliações:

VA - Verificação de Aprendizagem – trata-se de avaliação individual, escrita e/ou prática observada a natureza do componente curricular, referente ao conteúdo programático cumulativo, prevista em calendário específico.

OAt -Outras Atividades – obtida por meio de verificação do rendimento do aluno em atividades (individual ou em grupo), de investigação (pesquisa, iniciação científica, práticas investigativas), de extensão, trabalhos de campo, seminários, resenhas, fichamentos e outras formas de verificações previstas no Plano de Ensino do Professor, respeitado o Calendário Acadêmico, traduzidas em notas. No caso de trabalho em grupo, deverá ser considerado o desempenho individual de cada aluno.

VS – Verificação Substitutiva – avaliação escrita com conteúdo cumulativo, referente a todo o semestre letivo, ofertada ao aluno que a requerer, destinada a substituir apenas uma (01) das VAs perdida pelo mesmo.

VF – Verificação Final – avaliação escrita com conteúdo cumulativo referente a todo o semestre letivo, ofertada após o encerramento do semestre letivo, ao aluno que a requerer, desde que o resultado obtido nas avaliações anteriores tenha sido inferior a 60 pontos e igual ou maior que 40.

Pontuação e Critérios para Apuração da Avaliação do Rendimento Escolar

As VAs – Verificações de Aprendizagem serão em número de três (03) no semestre letivo, em cada componente curricular e com as seguintes pontuações:

•           VA 1 = 15 pontos

•           VA 2 = 25 pontos

•           VA 3 = 35 pontos

As OAts – Outras Atividades terão o valor total de 25 pontos, os quais poderão ser distribuídos em várias atividades, a critério do professor do componente curricular.

A apuração dos resultados da avaliação da aprendizagem é assim processada:

•           NS – Nota Semestral – resultado obtido pelo somatório das VAs (Verificações de Aprendizagem) + OAt -Outras Atividades.

•           RF – Resultado Final – é o resultado da avaliação da aprendizagem obtido pelo aluno por meio da média aritmética simples entre os resultados da Nota Semestral (NS) e Verificação Final (VF), em cada componente curricular, cuja pontuação mínima de aprovação deve ser de 60 pontos.

As médias dos alunos serão calculadas de forma automática pelo Sistema Acadêmico, permitindo-se arredondamento.

 Autoavaliação 

A autoavaliação proposta para o Curso de Nutrição visa fornecer dados e informações para análise do funcionamento do mesmo, o que permite aferir resultados significativos, possibilitando a criação de alternativas educativas, não só em relação aos conhecimentos, mas, sobretudo, em relação às atividades e competências do futuro profissional que a Instituição pretende formar.

Para isso a Autoavaliação do Curso é uma avaliação processual nos vários períodos que envolvem o Curso para obtenção de informações nas diferentes dimensões, trabalhadas pela Coordenação do curso, com acompanhamento da CPA da IES, visando à dinamização do processo pedagógico, com a implementação das mudanças necessárias.

O processo auto-avaliativo do curso é realizado a cada semestre envolvendo a participação dos discentes, docentes e técnico-administrativos, com pesquisa on-line. O instrumento avaliativo contempla a avaliação da coordenação, do docente, do PPC, do pessoal técnico-administrativo e da infraestrutura do curso.

Serão etapas da autoavaliação do curso:

•           Definição de indicadores e fontes para a compreensão do diagnóstico.

•           Definição dos instrumentos a serem utilizados.

•           Desenvolvimento da autoavaliação.

•           Identificação de problemas e conquistas.

•           Identificação de soluções.

•           Divulgação e discussão dos resultados.

•           Elaboração de Plano de Ação.

•           Acompanhamento / Controle.

    

 Formas de Acesso  

Enem

A modalidade de ingresso via ENEM se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A modalidade de acesso via ENEM contemplará os candidatos que quiserem utilizar sua nota de um dos 4 últimos exames aplicados do ENEM. O candidato deverá informar o ano de realização do ENEM e a nota obtida na redação, que será validada automaticamente pelo sistema.

Provas On-line

A modalidade de ingresso via prova online está disponível para todos os cursos de graduação ofertados, tanto presenciais como a distância. A Prova Online é composta de uma prova de redação a ser realizada online que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.

Provas Agendadas

A modalidade de ingresso via prova agendada se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A Prova Agendada é composta de uma prova de redação a ser realizada em data previamente escolhida pelo candidato que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.

Vestibular Tradicional

A modalidade de ingresso via prova tradicional se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A Prova Tradicional é composta de uma prova objetiva de 30 questões de múltipla escolha e uma redação, que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.