ptenes

Na noite desta segunda-feira (13/05), alunos do curso de Enfermagem da UninCor, professores e a reitora da universidade, Gleicione Aparecida Dias Bagne de Souza, participaram da tradicional cerimônia de Passagem da Lâmpada, considerada o símbolo máximo da profissão. A cerimônia ocorreu no salão nobre da instituição. 

A cerimônia representa a responsabilidade que os futuros enfermeiros assumem de manterem acesa a “chama” da busca constante do conhecimento científico e a responsabilidade de acolher e cuidar do ser humano. A ação é inspirada na história da enfermeira Florence Nightingale, que durante a Guerra da Crimeia (1853 – 1856), conseguiu reduzir expressivamente o índice de mortalidade entre os soldados, ao percorrer os leitos dos feridos todas as noites, com uma “lâmpada” para prestar os cuidados de enfermagem aos homens. Diante disso, o símbolo da enfermagem moderna homenageou Florence Nightingale, com a nomeação simbólica de Dama da Lâmpada, pois ela demonstrou o zelo, a busca de bem-estar e a saúde de seus pacientes, trazendo a luz e a esperança da cura. 

jornada enfermagem 2019 3De acordo com a coordenadora do curso de Enfermagem da UninCor, professora Elaine Aparecida Rocha Domingues, a tradição tem o objetivo de transmitir experiências e expectativas para os futuros profissionais.  “A cerimônia de Passagem da Lâmpada, é importante e representativa. Ao ser repassada de um ex-aluno para os formandos de 2019, a lâmpada tem o papel de iluminar o caminho daqueles que irão iniciar no campo de estágio e nas práticas assistenciais”, explica. 

As homenagens também referenciaram uma das pioneiras da Enfermagem no Brasil, Ana Neri. Com a convocação dos filhos para a Guerra do Paraguai, em 1865, ela se voluntariou nas expedições de apoio montando uma enfermaria modelo em Assunção, para cuidar dos soldados feridos. De volta ao Brasil, Ana Neri foi agraciada com a Medalha Geral de Campanha e a Medalha Humanitária de Primeira Classe, concedida pelo Imperador Dom Pedro II e é por isso, que no dia 12 de maio é comemorado o Dia do Enfermeiro.

Para a reitora da UninCor, homenagear essas profissionais tão fortes representa também resgatar o sentido da Enfermagem, como profissão, vocação e como arte. “Nós não podemos profissionalizar a Enfermagem, apenas voltada para a questão técnica, do retorno financeiro. Precisamos enfatizar que, para ser enfermeiro é preciso gostar, ter vocação e se doar. Pois é necessário ter paciência e, acima de tudo, gostar de cuidar das pessoas”, diz a professora Gleicione.

A cerimônia de Passagem da Lâmpada também marcou a abertura da Jornada Acadêmica de Enfermagem, que realizada até o dia de 17/05. Em 2019, jornada será composta por palestras e cursos com temas relacionados à Dermatologia, Urgência e Emergência e a Luta Antimanicomial. A programação completa está disponível no link