ptenes

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: RECURSOS HÍDRICOS

 

LINHA DE PESQUISA: MONITORAMENTO E MANEJO DOS RECURSOS HIDRICOS

Esta linha de pesquisa remete ao monitoramento e manejo dos recursos hídricos e no desenvolvimento de um diagnóstico e apontamento para tomada de decisões em relação aos recursos hídricos. A pesquisa para geração e, ou implementação de produtos e tecnologias para o monitoramento e tratamento é contemplada nesta linha, além da aplicação de instrumentos, mecanismos e equipamentos de monitoramento e coleta de informações. Sendo assim, o objetivo desta linha de pesquisa é fomentar o desenvolvimento de estudos sobre os elementos técnicos relevantes para a concepção de ações destinadas a avaliar, proteger, gerir e mitigar os problemas no uso dos recursos hídricos.

Linhas específicas de atuação

• Dinâmica do solo e da água em bacias hidrográficas
• Geotecnologias aplicadas a recursos hídricos
• Geração e transporte de sedimentos em bacias hidrográficas
• Hidrogeologia
• Mudanças climáticas e seus impactos em bacias hidrográficas
• Modelagem, simulação e monitoramento hidrológico em bacias hidrográficas
• Planejamento e gestão de recursos hídricos
• Qualidade de água
• Reuso de água
• Tratamento de água
• Tratamento de águas residuárias
• Fitorremediação de contaminantes de solo e água
• Monitoramento de bioindicadores da qualidade ambiental de solo e água


LINHA DE PESQUISA: CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

Esta linha de pesquisa remete ao uso e manejo racional e sustentável do meio ambiente, por meio do conhecimento de todos os componentes inter-relacionados com os aspectos hídricos, a partir de uma visão ampla, abrangente e sistêmica do meio, nas suas mais diferentes amplitudes, visando o manejo mais adequado com a redução dos impactos pelo seu uso, garantindo a conservação ambiental. Sendo assim, o objetivo desta linha de pesquisa é buscar soluções para os entraves à sustentabilidade no contexto da sociedade e das organizações, oriundos das pressões do modelo econômico vigente sobre os recursos naturais. Como os desafios existentes nesta interface são complexos, a gestão da sustentabilidade exige novas formas de pensar introduzindo o pensamento sistêmico como paradigma para análise e busca de estratégias de superação. Esta linha de pesquisa investiga aspectos da sustentabilidade relacionados às políticas públicas, à responsabilidade socioambiental, à gestão de recursos ambientais, e à gestão de informações ambientais, fundamentais para enfrentar os desafios da sustentabilidade no contexto atual.

Linhas específicas de atuação

• Sustentabilidade e meio ambiente
• Indicadores de sustentabilidade em edificações e agroecossistemas
• Biodiversidade de solo e água
• Soluções alternativas de minimização de impactos para a sustentabilidade ambiental
• Conservação do solo e da água
• Gestão ambiental empresarial
• Educação ambiental e sustentabilidade
• Saúde ambiental
• Sistema solo-água-planta e sua interface com o ambiente
• Cidades e soluções ambientais